Seguidores

sábado, 16 de junho de 2012

Salame de Chocolate

Olá,
No silêncio da minha casa, no meu eu solitário, encontro paz e espaço para reflectir, para os doces aromas do passado invadirem a minha mente! 
Se sou saudosista? Talvez! Há momentos na vida em que as saudades invadem o meu ser! Tenho saudades de entes queridos que já partiram, tenho saudades dos meus tempos de criança, onde a minha maior ambição era ser adulta, tenho saudades dos aromas que me invadiam as narinas e me faziam crescer água na boca! Sim! Por vezes tenho muitas saudades de determinadas situações que marcaram a minha vida, sejam elas positivas ou negativas! Sim que as más também tem de ser faladas, são as más que geralmente nos recordamos mais frequentemente, são as más que nos fazem pensar e mesmo as más, conseguem trazer sempre algo bom. Pode parecer macabro ou mesmo estranho, mas, eu acredito que todas as más experiências da vida fizeram com que eu me tornasse um ser melhor, não desistisse de acreditar que o dia de amanhã vai ser melhor, eu acredito, que enquanto respirar e tiver tino, o dia de amanhã vai ser de certeza melhor do que o de hoje! Mas, é o dia de hoje que tenho de viver pois o ontem já passou e o amanhã não sei se virá!
Assim sendo, tento sempre combater as saudades com as boas recordações, se tenho saudades dos entes queridos, lembro-me dos bons tempos que passei com eles e dos seus ensinamentos, se tenho saudades da minha infância, recordo-me como fui uma felizarda por jogar à bola, brincar às escondidas e correr livremente pelas quintas das traseiras da minha casa! Se tenho saudades dos aromas que me faziam crescer água na boca, tento eu mesma fabricar esses aromas, para que eles invadam novamente as paredes da minha casa e ao mesmo tempo me deixem saborear o seu gosto.
Por tudo o que aqui escrevo hoje, vos trago a receita que de certeza quase todos sabem fazer!
Lembro-me tão bem de ser criança e o salame de chocolate foi dos primeiros bolos que aprendi a fazer, era fácil, não tinhas gastos excessivos, não era considerado perigoso fazer, porque não tinha que mexer no forno e isso evitava que me magoasse por qualquer motivo.
Lembro-me de partir as bolachas aos pedacinhos, bastando para isso colocar as bolachas dentro de um saco e utilizar um rolo da massa. Recordo-me perfeitamente das maluquices que por vezes fazia com os meus primos e as pobres das bolachas viravam migalhas, mas, era tão bom estes momentos, soltavam-se gargalhadas das nossas bocas com tanta facilidade que por vezes íamos às lágrimas, no final comíamos salame com migalhas de bolacha e o que nos deliciávamos a comer esta iguaria fabricada por nós! Sei que este bolo, foi dos primeiros que fiz com os meus filhos e também com eles soltei grandes gargalhadas ao fazê-lo! Como um dia destes tive saudades deste bolo, que é bastante apreciado pelos meus filhos  e pelo meu marido, resolvi fazer. Ainda hoje parto as bolachas como o fazia quando era criança, tenho utensílios de cozinha que fariam este trabalho com muita facilidade, mas, o salame de certeza que não teria o mesmo gosto!
Agora que esta mensagem já vai bastante longa vou deixar aqui a minha receita!
Ingredientes:
1 Pacote de Bolacha Maria
1 Ovo
100 gr de açúcar
100 gr de manteiga
125 gr de chocolate em pó
Vinho do Porto qb
Preparação:
Começo por partir as bolachas em pedacinhos, coloco as bolachas um saco plástico e pumba, dou-lhes com o rolo da massa, claro que hoje não as deixo em pó. Reservo.
De seguida amoleço a manteiga, atenção que não é derreter é só amolecer um pouco para ser mais fácil trabalhar com o resto dos ingredientes.
Numa taça, a bato o açúcar com a manteiga, de seguida junto o ovo e o chocolate e bato mais um pouco com a batedeira.
De seguida junto as bolachas e envolvo com as mãos, sim, claro que estão lavadas e por isso mesmo ninguém me tira o prazer de envolver todos os ingredientes com as mãos.
Por fim corto um pedaço de folha de alumínio, rego com um pouco de vinho do Porto, espalho bem por toda a folha com a ajuda de um pincel, coloco o preparado anteriormente feito, trabalho de maneira lhe dar a forma de um rolo, envolvo com a prata e embrulho como se fosse um rebuçado gigante.
Levo ao frigorífico até este ficar com uma consistência mais sólida e fresca.Por fim é deliciarmos-nos com  esta maravilha!
Sabor fantástico!
Recordações doces!
Delicioso, não acham?

Pronto para colocar na prata!
A Prata já com o vinho do Porto

Vamos lhe dar forma!!
Super Rebuçado!
Simplesmente delicioso.
Beijinhos
Até breve
Pauluxa

10 comentários:

  1. GOSTO MUITO DE VEZ EM QUANDO FAÇO.
    O TEU FICOU EXCELENTE.
    BOM FIM DE SEMANA
    BJS

    ResponderEliminar
  2. A melhor coisa que se pode comer:)
    bom fim de semana

    ResponderEliminar
  3. This website was... how do I say it? Relevant!
    ! Finally I've found something which helped me. Kudos!
    Review my weblog farming simulator mods

    ResponderEliminar
  4. Adoramos ca em casa salame nao faço tanta vez pois a malta devora....

    Bjs

    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  5. Estive ausente uns dias, e pasava pelos meus blogs preferidos rapidamente e não deixava comnentário, mas nunca vos esqueço.

    Esta sua receita deve ter ficado delicioa. bjs.

    ResponderEliminar
  6. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  7. Ótima receita,parece ser muito saboroso.
    Adorei seu blog.
    Até mais

    ResponderEliminar
  8. Que maravilha, fiquei com água na boca, e agora para o meu lanche entrava que era uma maravilha,

    embora nem sempre deixe aqui o meu comentário, mas estou sempre e ver as suas novidades bjs

    ResponderEliminar
  9. I'm impressed, I must say. Rarely do I come across a blog that's equally educative and amusing, and
    without a doubt, you have hit the nail on the head.
    The problem is something too few folks are speaking intelligently about.
    I'm very happy that I stumbled across this in my search for something relating to this.

    my website ... sharecash survey

    ResponderEliminar